Nutricionista de Cláudia apresenta sugestões de plantas alimentícias não convencionais – Prefeitura de Cláudia

Nutricionista de Cláudia apresenta sugestões de plantas alimentícias não convencionais

A profissional foi convidada para demonstrar a técnica no Encontro Regional das Práticas Integrativas do Sistema Único de Saúde em Sinop

“Muitas plantas que são encontradas no quintal de sua casa são comestíveis. Até mesmo o alface, feijão entre outros produtos que consumimos já foram considerados ervas daninhas”, foi o que descreveu a nutricionista do Núcleo de Apoio à Saúde da Família (Nasf) de Cláudia, Flávia Karoline Diesel, que apresentou na Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) campus Sinop, sugestões de plantas alimentícias não convencionais que são encontradas facilmente.

Flávia declarou que recebeu o convite para participar do Encontro Regional das Práticas Integrativas do Sistema Único de Saúde (SUS). Durante sua exposição, realizada neste último sábado (18), ela apresentou amostras de alimentos como; palmito de bananeira, geleia de hibisco, suco de laranja Apepu com folhas de pitanga e o doce do tronco do pé de mamão.

“Nós trabalhamos no SUS e convivemos com muitas pessoas que não possuem um estilo de vida ou renda que proporciona uma boa alimentação. Então em parceria com a prefeitura realizamos esse projeto com as Plantas Alimentícias não Convencionais (PANCs) e assim trouxemos alternativas para que eles possam de maneira econômica adquirir os nutrientes necessários”, contou.

A nutricionista afirmou que expandir sua alimentação para além dos modos convencionais pode proporcionar muito mais do que saúde e economia.

“Tudo um dia já foi considerado mato, nós não damos valor a algumas culturas e esquecemos que há muitas novas a serem descobertas. Então porque não inovar em nossa alimentação? A parte mais curiosa foi a reação das pessoas sobre quais plantas são comestíveis. A maior dúvida apresentada foi o modo de preparo que é diferenciado”, pontuou.