Secretaria de Saúde faz alerta sobre o alto índice de criadouros do Aedes Aegypti em Cláudia

Dos 225 imóveis visitados, em 40 foram encontrados larvas do mosquito

 

Com o alto índice de criadouros do mosquito Aedes Aegypti no município de Cláudia a Secretaria de Saúde convoca a população para o combate do transmissor da dengue, zika e chikungunya.

O Levantamento de Índice Rápido para Aedes Aegypti (o Liraa) realizado pela equipe de endemias constatou cerca de 16,9% de infestação de larvas do mosquito.

“Nós fizemos agora conforme a demanda do Ministério da Saúde para o início de ano um levantamento do Lira, que é o índice de infestação rápido, e o que nos surpreendeu que dos 225 imóveis visitados 40 deles tinham o foco do mosquito e isso nos elevou a um patamar de 16,9% de infestação, que é altíssimo e preocupante visto que nessa época agora que está tendo vários casos de dengue hemorrágica na região”, enfatizou Edson Catarino coordenador de Endemias.

De acordo com a Secretaria de Saúde Eli Rizzi já há 3 notificações de dengue em Cláudia, o que preocupa ainda mais devido os casos em municípios vizinhos. “Nós temos 3 notificações, o mês de dezembro foi tranquilo, não teve nenhum caso, porém em janeiro já tivemos 3 notificações, um já está sendo investigado, que pode ser em decorrência de visitas em Sinop. Mas mesmo assim sendo 3 casos é preocupante, porque para o mosquito se proliferar tendo um mosquito pode virar 500 e 1000 casos então de repente a gente está aí com esse problemão. Então fica o alerta a população e eu peço cuide do seu quintal, do imóvel do vizinho, do terreno baldio, vamos se juntar em prol do combate a esse mosquito”.

Conforme ainda o coordenador da Endemias Edson Catarino a área com maior infestação no município é na área central englobando os bairros Rotary, Lions, Jardim União, Centro Cívico e o Campo Verde. “Essa parte central do município ela está com alta infestação, tem sim também o Habitar Brasil, mas como a gente já fez um trabalho bem elaborado ano passado então acho que a população se conscientizou um pouco, mas mesmo assim ainda tem essa preocupação no geral para que todos revisem seus quintais, olhem e eliminem os focos”.

Vale ressaltar que mesmo com as visitas da equipe de endemias a responsabilidade de eliminar os focos do mosquito é de cada um.

“A responsabilidade não é somente da secretaria, do município ou do Ministério da Saúde, a responsabilidade é de cada cidadão. Estamos nos mobilizando juntamente com nossas equipes de Endemias e Vigilância, com a secretaria de Meio Ambiente e também a secretaria de Obras, mas é preciso do auxílio de cada um, vamos se unir nesta causa em benefício do município porque a dengue está aí e a dengue mata”, finalizou Eli Rizzi.

Fotos: Henrique Basinski.

+ NOTÍCIAS

Prefeitura Informa: Suspensão do sorteio do IPTU Premiado 2020 devido ao período eleitoral

  A Prefeitura de Cláudia informa que, devido ao período eleitoral, a Lei n° 793/2020, bem como todos os sorteios…

Nota de Pesar

É com extremo pesar que a Prefeitura de Cláudia informa o falecimento do pioneiro Sr. Antônio Simoneto, vítima da Covid-19,…

Prefeitura de Cláudia dá andamento á obras de melhorias pelo município

A prefeitura de Cláudia vem desenvolvendo uma série de obras de melhorias pelo município e dá continuidade com o asfaltamento…