Secretária municipal de Meio Ambiente alerta sobre o período da piracema no Estado – Prefeitura de Cláudia

Secretária municipal de Meio Ambiente alerta sobre o período da piracema no Estado

Neste ano, o período proibitivo de pesca se inicia no dia 1° de outubro e se estende até 31 de janeiro de 2020

 

“Devemos respeitar esse período, caso contrário nossos rios ficarão vazios”, foi assim que a secretária municipal de Meio Ambiente, Cleuza Dalmaso, definiu a importância de obedecer a data imposta pelo Conselho Estadual da Pesca (Cepesca) para a piracema.

Neste ano, o período proibitivo de pesca se inicia em 1° de outubro e se estende até 31 de janeiro de 2020 nas três bacias hidrográficas de Mato Grosso.

Vale lembrar que quem desrespeitar a legislação poderá ter o pescado e os equipamentos apreendidos, além de levar multa que varia de R$ 1 mil a R$ 100 mil, com acréscimo de R$ 20,00 por quilo de peixe encontrado.

As ações de fiscalização serão intensificadas nesses meses com parceria entre fiscais da Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema), Batalhão da Polícia Militar e Proteção Ambiental (BPMPA), Juizado Volante Ambiental (Juvam), Delegacia Especializada do Meio Ambiente (Dema), Ibama e ICMBio.

“Esse período é essencial para os peixes, assim eles conseguem realizar a desova. Por esse fator, a fiscalização está sendo mais atuante, então nossa intenção é alertar toda a população sobre esse assunto, para evitar possíveis problemas”, concluiu Cleuza.

+ NOTÍCIAS

Prefeito de Cláudia cumpre agenda na Capital

  O prefeito de Cláudia Altamir Kurten cumpre extensa agenda de trabalho em Cuiabá, nesta terça-feira (5), em busca de…

VÍDEO: Prefeitura de Cláudia investe em complexo esportivo com pista de ciclismo e academia ao ar livre

Um novo espaço de lazer está prestes a ser entregue à cidade de Cláudia. A obra da pista de ciclismo…

VÍDEO: Prefeito de Cláudia faz abaixo assinado para redução da taxa de reposição florestal

Atento as oportunidades, o prefeito de Cláudia Altamir Kurten tenta mobilizar cidades vizinhas para conseguir abaixo-assinado que pede a redução…