escort beylikdüzü

Secretária municipal de Meio Ambiente alerta sobre o período da piracema no Estado

 

“Devemos respeitar esse período, caso contrário nossos rios ficarão vazios”, foi assim que a secretária municipal de Meio Ambiente, Cleuza Dalmaso, definiu a importância de obedecer a data imposta pelo Conselho Estadual da Pesca (Cepesca) para a piracema.

Neste ano, o período proibitivo de pesca se inicia em 1° de outubro e se estende até 31 de janeiro de 2020 nas três bacias hidrográficas de Mato Grosso.

Vale lembrar que quem desrespeitar a legislação poderá ter o pescado e os equipamentos apreendidos, além de levar multa que varia de R$ 1 mil a R$ 100 mil, com acréscimo de R$ 20,00 por quilo de peixe encontrado.

As ações de fiscalização serão intensificadas nesses meses com parceria entre fiscais da Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema), Batalhão da Polícia Militar e Proteção Ambiental (BPMPA), Juizado Volante Ambiental (Juvam), Delegacia Especializada do Meio Ambiente (Dema), Ibama e ICMBio.

“Esse período é essencial para os peixes, assim eles conseguem realizar a desova. Por esse fator, a fiscalização está sendo mais atuante, então nossa intenção é alertar toda a população sobre esse assunto, para evitar possíveis problemas”, concluiu Cleuza.