Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos realiza primeira reunião de 2019 – Prefeitura de Cláudia

Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos realiza primeira reunião de 2019

Evento contou com mais de 100 familiares que participam do programa

A Secretaria de Assistência Social, realizou na última semana uma reunião com pais e responsáveis de crianças e adolescente que participam do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV).

O evento teve objetivo de atualizar as famílias sobre a programação de atividades para o ano de 2019, bem como cronograma de aulas e horários, além das oficinas que estão sendo disponibilizadas.

“Estamos muito felizes em ver a participação das famílias em nossa primeira reunião deste ano. É muito importante esse acompanhamento para que todos fiquem por dentro de tudo que acontece no programa”, destacou a coordenadora do SCFV, Diane Facchi.

Durante a reunião ainda os participantes puderam acompanhar uma palestra com a psicóloga Lucineide Soares, sobre os perigos da internet, que atualmente tem assustado os pais.

“O tema abordado foi sobre crianças, tecnologias, o uso de celulares e internet. Mesmo a internet sendo uma necessidade atual e tão necessária, ela oferece riscos, como por exemplo os jogos de desafios que instigam violência, automutilação e até mesmo a morte. E isso é uma ameaça real que requer cuidados. Proibir o uso da internet pode despertar ainda mais a curiosidade. É necessário que os pais antes de tudo se informem sobre este assunto, e acompanhem de perto o que o seu filho vê na internet”, explicou Lucineide.

Atualmente o Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos oferece oficinas de flauta, inglês, artesanato, violão, coral e orientações sociais, para crianças e adolescentes de 06 a 17 anos.

“Quero agradecer em nome da equipe do CRAS e do SCVF a presença dos mais de 100 familiares que participaram da nossa reunião, demonstrando o compromisso com as crianças e adolescente e nos auxiliando para cada dia proporcionar um programa de melhor qualidade” concluiu a secretária de assistência social, Monica Deprá.

Por: Henrique Basinski.