Vídeo: Secretaria de saúde de Cláudia realiza campanha para combate à dengue – Prefeitura de Cláudia

Vídeo: Secretaria de saúde de Cláudia realiza campanha para combate à dengue

A secretária de saúde, Eli Rizzi, falou um pouco sobre a situação da dengue na cidade de Cláudia, e sobre a campanha de combate, realizada entre os dias 26 ao dia 30 de novembro. Eli lembrou a importância da conscientização por parte da população do município. “Aqui na cidade temos muita condição para essa doença,

A secretária de saúde, Eli Rizzi, falou um pouco sobre a situação da dengue na cidade de Cláudia, e sobre a campanha de combate, realizada entre os dias 26 ao dia 30 de novembro. Eli lembrou a importância da conscientização por parte da população do município.

“Aqui na cidade temos muita condição para essa doença, então isso significa que a população toda tem que se conscientizar, tem que se prevenir, cada um tem que limpar seu quintal, tirando os entulhos, aquela tampinha insignificante de garrafa pode ter focos e foi encontrado realmente nessa semana larvas nessas condições”, contou a Secretária.

O coordenador de vigilância e endemias, Edson Catarino, também falou sobre como andam as campanhas de prevenção por parte da prefeitura, e dos mutirões que aconteceram no município, segundo Edson, fizeram um “pente fino” na cidade para ver sobre a real condição de risco das doenças causadas pelo mosquito Aedes aegypti. Catarino salientou ainda que os trabalhos de prevenção acontecem até o dia 21 de dezembro, e finalizou falando sobre a evolução desse mosquito.

“O mosquito da dengue evolui muito, cada dia que passa ele está tendo uma nova condição de sobrevida, até na condição do veneno, hoje a gente passa o veneno, o mosquito procura um local para ele desovar, pois ele sabe que vai morrer, mas ele quer deixar seus descendentes, então ele procura água limpa, aguá suja, tudo quanto é tipo de lugar que ele possa ter condição para gerar a sua larva e novos mosquitos nascerem, desde uma tampinha de garrafa, qualquer coisa que tenha água parada pode ter um foco do mosquito”, finalizou o coordenador.

Por: Kings